A Maçonaria preserva um segredo ou defende um destino?

O Ponto Dentro do Círculo

Entramos para a Maçonaria como recebedores e devemos nos transformar em doadores e transformadores. Até hoje, as informações que temos estudado sobre nossa instituição são históricas, relevantes, evidentes, simbólicas e devidamente estudadas e preservadas, mas… Sentimos a falta de um elo, de uma evidência maior para preencher determinadas lacunas obscuras, difusas e mal explicadas[1].

A Ordem tem preservado uma representação simbólica em todos seus componentes ocultando uma verdade, mostrando apenas a forma visível e externa de uma realidade interior e espiritual. Estamos numa época em que todos ainda necessitamos e aprendemos através do processo cerimonial, precisando de uma autoridade investida, e nos insurgimos contra qualquer liberdade e independência fora dos padrões que elegemos e nos impusemos. Enaltecemos a liberdade de consciência que é a única que os maçons admitem, aceitam e divulgam, mas nos atemorizamos quando nos deparamos com outras verdades que não se enquadram com nossa própria…

Ver o post original 2.160 mais palavras

Sobre Luiz Marcelo Viegas

Mestre Maçom da ARLS Pioneiros de Ibirité, nº 273, jurisdicionada à GLMMG. Membro da Escola Maçônica Mestre Antônio Augusto Alves D'Almeida - GLMMG Contato: opontodentrodocirculo@gmail.com
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para A Maçonaria preserva um segredo ou defende um destino?

  1. Moyses Tomaz de Oliveira disse:

    Nem uma coisa, nem outra.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s