Os desafios da Maçonaria: tolerância, religião e sociedade

O Ponto Dentro do Círculo

Imagem relacionada

Embora considerada uma associação de livres pensadores, calcada na liberdade de investigação e pesquisa, Ordem Maçônica enfrenta um dilema: perseguida e não entendida deve manifestar-se de forma contundente contra a falta de tolerância de alguns setores, frente ao estado laico e a liberdade de fé e de crença. Com a ascensão da “bancada evangélica” no Congresso e das Bulas papais de Bento XVI, a disputa por hegemonia “religiosa” coloca em risco o estado republicano. Em sua história, no Brasil, sempre se pautou pelo respeito à opinião de seus membros, até o golpe de 1964, quando passou a perseguir os opositores do regime. Mas o legado da maçonaria é tolerância.

Introdução

Antes de qualquer coisa é necessário conceituar o que é tolerância. Segundo Aurélio Buarque ela pode ser definida como a “Disposição de admitir, nos outros, modos de pensar, de agir e de sentir diferentes dos nossos ou favor feito a alguém em determinadas circunstâncias.” Por sua vez é um…

Ver o post original 2.777 mais palavras

Sobre Luiz Marcelo Viegas

Mestre Maçom da ARLS Pioneiros de Ibirité, nº 273, jurisdicionada à GLMMG. Membro da Escola Maçônica Mestre Antônio Augusto Alves D'Almeida - GLMMG e da Academia Mineira Maçônica de Letras. Contato: opontodentrodocirculo@gmail.com
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.