Hume e sua Teoria: De Onde Parte o Conhecimento

O Ponto Dentro do Círculo

Este texto é uma interpretação da obra Investigações sobre o entendimento humano do filosófico empirista David Hume, que visa identificar os principais argumentos sobre os quais se estabelecem os critérios para a validade e comprovação de um conhecimento. A teoria do conhecimento de Hume toma como base as impressões da experiência sensível, que são para ele a base de qualquer conhecimento e a origem das ideias. No espaço das ideias surge a ideia de uma relação de causa-efeito, que para o filósofo é apenas um hábito resultante do contato com diversas impressões semelhantes, contínuas e frequentes. Ao desconsiderar a possibilidade de conceber ideias inatas no entendimento humano, Hume levanta a questão de como validar a possibilidade e a existência das coisas quando estas não são experimentadas.

1 – Introdução

Como todos os empiristas, Hume busca alicerçar as bases de nosso conhecimento propriamente na experiência. Ao contrário de racionalista, como Descartes…

Ver o post original 2.948 mais palavras

Sobre Luiz Marcelo Viegas

Mestre Maçom da ARLS Pioneiros de Ibirité, nº 273, jurisdicionada à GLMMG. Membro da Escola Maçônica Mestre Antônio Augusto Alves D'Almeida - GLMMG e da Academia Mineira Maçônica de Letras. Contato: opontodentrodocirculo@gmail.com
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.