Tempo de mudanças

Gente que AMA outono! BEM-VINDO! » Ambientallis

No dia 20 de março tivemos o equinócio de outono, marcando o início dessa estação. A data era largamente celebrada na Antiguidade: na Anatólia honra a Cibele; na Grécia e outras regiões eram realizados os mistérios de Elêusis em honra a Deméter e Perséfone; em Roma era comemorado o festival de Ceres, deusa dos grãos e da agricultura; na Escócia, o último feixe de grãos era ceifado de formas ritualísticas e amarrado em uma figura de palha que seria chamada de “Rainha da Colheita” e estaria repleta de poder fertilizador.

O outono é a estação que representa a maturidade, tanto da natureza quanto do Homem. Reflitamos sobre nossas atitudes durante o último ano; analisemos a nossa “colheita”, os frutos advindos dos caminhos pelos quais optamos por trilhar nesses 12 meses que se passaram. É o momento de pausa, reflexão. Nesse sentido, vale lembrarmos o que escreveu Plotino (205 – 270):

“Volta-te para dentro de ti e olha: se ainda não vês a beleza em ti, faze como o escultor de uma estátua, que deve tornar-se bela: ele, ora, tira um fragmento, ora aplica o cinzel, ora pule, ora limpa o pó, a fim de extrair um belo vulto do mármore. Como ele, tira o supérfluo, endireita o que está torto, clareia o que é fosco, até torná-lo brilhante, e não cesses de esculpir a tua própria estátua, até que a centelha divina da virtude se manifeste e vejas a temperança sentar-se num trono sagrado.” (Eneadas, I, 6, 9).

O movimento cíclico das estações, do dia, das horas e da programação da TV, não precisa se aplicar a nós. O livre-arbítrio, que nos foi dado pelo Grande Arquiteto do Universo, permite quebrar o paradigma do eterno retorno e não sermos escravos de erros que porventura tenhamos cometido. Equinócios e solstícios são marcos de mudança na natureza, e podemos enxergar essas datas como oportunidades, caso necessário, para mudarmos nossas atitudes.

Ser homens livres e de bons costumes é claro motivo de orgulho, porém, atentemo-nos para as forças que tentam nos transformar no que o filósofo árabe Al-Farabi (872 – 950) definiu como “servos por natureza”.

O que nos move é o juramento de trabalharmos para a felicidade da humanidade. É imperioso que quando todos são colocados à prova, nesses tempos em que a escuridão paira sobre nossa sociedade, lembremos que a luz da maçonaria, através da inteligência e capacidade de discernimento de seus membros, pode iluminar o caminho e impedir que o fundo do precipício seja o destino. Ainda dá tempo. Olhemos, nesse outono de 2021, para o resultado de nossas decisões, com prudência, equilíbrio e ponderação, características tão próprias da estação, e façamos escolhas que possam vir a premiar todos nós com exuberantes feixes de grãos na colheita de 2022.

Autor: Luiz Marcelo Viegas

Screenshot_20200502-144642_2

Se você acha importante o trabalho que realizamos com O Ponto Dentro do Círculo, apoie nosso projeto e ajude a manter no ar esse que é um dos mais conceituados blogs maçônicos do Brasil. Você pode efetuar sua contribuição, de qualquer valor, através dos canais abaixo, escolhendo aquele que melhor lhe atender:

Transferência PIX – para efetuar a transação, utilize a chave: opontodentrodocirculo@gmail.com

Efetuando seu cadastro no Apoia.se, através do link: https://apoia.se/opontodentrodocirculo

Sobre Luiz Marcelo Viegas

Mestre Maçom da ARLS Pioneiros de Ibirité, nº 273, jurisdicionada à GLMMG. Membro da Escola Maçônica Mestre Antônio Augusto Alves D'Almeida - GLMMG e da Academia Mineira Maçônica de Letras. Contato: opontodentrodocirculo@gmail.com
Esse post foi publicado em Simbolismo e Símbolos e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.