E é certo que os homens se convencem mais pela experiência do que pela teoria: cultura política e sociabilidade maçônica na mundo luso-brasileiro (1790-1822)

O Ponto Dentro do Círculo

Imagem relacionada

Introdução

Em 1802, mais precisamente no final do mês de julho, Hipólito José da Costa Furtado de Mendonça[1] foi preso em Lisboa pelo crime de pertencimento à maçonaria. Ele acabava de retornar de uma viagem que fizera a Londres, onde fora tratar do reconhecimento do Grande Oriente Lusitano junto à Grande Loja de Londres. Sua amizade e proximidade com o ministro D. Rodrigo de Souza Coutinho[2] não impediu que ele fosse remetido inicialmente para a Intendência Geral da Polícia e por lá permanecesse em segredo por aproximadamente seis meses. Posteriormente, em janeiro de 1803, foi transferido para os cárceres da Inquisição de Lisboa conforme determinação do príncipe regente D. João[3].

Em 1805, Hipólito José da Costa conseguiu fugir dos cárceres da Inquisição de Lisboa e se estabelecer em Londres sob a proteção do Duque de Sussex[4]. Nesse mesmo ano publicou Cartas sobre a Framaçonaria, onde procurou através de um conjunto…

Ver o post original 7.289 mais palavras

Sobre Luiz Marcelo Viegas

Mestre Maçom da ARLS Pioneiros de Ibirité, nº 273, jurisdicionada à GLMMG. Membro da Escola Maçônica Mestre Antônio Augusto Alves D'Almeida - GLMMG e da Academia Mineira Maçônica de Letras. Contato: opontodentrodocirculo@gmail.com
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para E é certo que os homens se convencem mais pela experiência do que pela teoria: cultura política e sociabilidade maçônica na mundo luso-brasileiro (1790-1822)

  1. bravomarques disse:

    OLá.

    Tenho amigos maçons e este blog traz ideias e conceitos que me ajudam a interagir com eles, rendendo boas conversas. Continue o bom trabalho. Convido-os a visitar meu blog sobre tecnologia da Informação e divulgação da ciência.

    TFA

    Bernardo Marques
    voxleone.com

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.