Arquivo do autor:Luiz Marcelo Viegas

Sobre Luiz Marcelo Viegas

Mestre Maçom da ARLS Pioneiros de Ibirité, nº 273, jurisdicionada à GLMMG. Membro da Escola Maçônica Mestre Antônio Augusto Alves D'Almeida - GLMMG Contato: opontodentrodocirculo@gmail.com

O Desenho e o Canteiro no Renascimento Medieval (séculos XII e XIII): Indicativos da formação dos arquitetos mestres construtores – Capítulo Final

Catedral de Chartres (1145-1221) 6. Conclusão A imagem do arquiteto mestre construtor que ficou na memória histórica foi aquela resultante da analogia entre sua figura e a do Criador, sempre apresentado numa posição superior e com um grande compasso nas … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em O Desenho e o Canteiro no Renascimento Medieval (séculos XII e XIII) | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Além do avental

O que te faz maçom além do avental que usas? Discussões dantescas a respeito de quando nos tornamos especulativos e deixamos de ser operativos são travadas por celebrados escritores. Nas origens e etimologia da palavra “pedreiro”, em grego “tekton”[1], é … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Maçonaria | Marcado com , , , , , , , , | 1 Comentário

Mito da caverna: um convite permanente à reflexão

Mudanças bruscas tendem a assustar e é natural que vários de nós estejamos apreensivos com as notícias que chegam como prenúncio de um futuro que, para muitos, não existirá. Cada um tem se equilibrado na sua corda bamba para não … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Filosofia | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Primeiras impressões de um Aprendiz Maçom

Publicado originalmente em O Ponto Dentro do Círculo:
Após algumas reuniões e momentos de estudo, utilizando apenas do que foi apresentado para o grau, além das observações cotidianas do convívio prazenteiro de uma Loja Regular, um aprendiz está apto a apresentar…

Avalie isto:

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Sobre a natureza da interpretação simbólica

 L’énigme – Gustave Doré (1871) Neste ensaio apresento minhas reflexões sobre a natureza da interpretação simbólica, com base nos meus estudos sobre o Tratado de Simbólica, de Mário Ferreira dos Santos (1956). Na Grécia antiga, quando alguém recebia uma visita em … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Simbolismo e Símbolos | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

São João, nosso Patrono

Publicado originalmente em O Ponto Dentro do Círculo:
Decapitação de São João Batista – Caravaggio (1607-08) São João, o Evangelista – Valentin de Boulogne (1622-23) Quando os trabalhos são declarados abertos, há referência a São João, dito nosso patrono. Porém,…

Avalie isto:

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

A Conexão Januária

Publicado originalmente em O Ponto Dentro do Círculo:
Para uma Ordem que respeita as religiões, mas que se pretende equidistante de todas elas, as menções a São João nos rituais maçônicos poderiam parecer, ao observador desatento, controversas e incongruentes.…

Avalie isto:

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

O sonhado e o possível sob a perspectiva de uma Loja Maçônica

Com a simples entrega duma proposta de admissão nos Augustos Mistérios a um candidato, temos o inicio daquilo que podemos chamar de ‘vínculo tácito’, sim, tácito, porque esta vinculação não compromete o futuro adepto materialmente a loja que fora representada … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Maçonaria | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Os detratores da Maçonaria

Publicado originalmente em O Ponto Dentro do Círculo:
À época do recebimento do convite de um dileto amigo para avaliar a possibilidade de entrar para a Ordem Maçônica, creio ter experimentado o mesmo comportamento de inúmeros candidatos que se…

Avalie isto:

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Lojas de Instrução

Publicado originalmente em O Ponto Dentro do Círculo:
Introdução Há, por vezes, um grande equívoco sobre a prática e os conceitos das instruções maçônicas em Lojas. Este ensaio tenta desfazer as incertezas sobre o tema. No decorrer do trabalho,…

Avalie isto:

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário